ANTEVISÃO - Volta a Itália 11ª etapa - Jonathan Milan e Tim Merlier enfrentam-se em mais uma chegada ao sprint

É a primeira etapa de sprint da segunda semana da Volta aItália. Espera-se que a etapa 11 termine com uma batalha entre os homens mais rápidos da corrida e será um dia mais calmo em comparação com o que encontrámos nos últimos dias.

A 11ª etapa vê os ciclistas perto do mar Adriático, um dia de transição de 203 quilómetros até Francavilla al Mare, onde os sprinters terão a oportunidade de brilhar. O pelotão terá de ser cauteloso no início do dia para evitar que se constitua uma fuga, uma vez que enfrentam duas subidas (6,5 km a 3,6%; 7,6 km a 5,9%) onde um grupo de qualidade pode tentar a sua sorte. Nesta altura da corrida, as equipas começam a sentir a pressão de ganhar uma etapa e colocam mais homens para tentar ganhar desta forma;

ANTEVISÃO - Volta a Itália 11ª etapa - Jonathan Milan e Tim Merlier enfrentam-se em mais uma chegada ao sprint
Etapa 11: Foiano di val Fortore - Francavilla al Mare, 203 quilómetros

A razão pela qual isto é perigoso é que, na segunda semana da corrida, menos equipas de sprinters se comprometem a trabalhar, uma vez que conhecem o seu lugar, a fadiga instala-se e algumas equipas ficam sem ciclistas. O pelotão desce de 650 metros de altitude para o nível do mar e depois enfrenta estradas quase completamente planas até à meta, o que significa velocidades elevadas, onde é difícil reduzir a vantagem no caso de haver um grupo de fugitivos forte.

No entanto, podemos assumir que as maiores hipóteses do dia residirão sempre num sprint de grupo em Francavilla al Mare. Um sprint que também não será técnico. As curvas finais surgem a mais de 2 quilómetros da meta e, a partir daí, serão estradas que não apresentarão grandes dificuldades até à linha de meta, junto à costa. Os ciclistas podem estar expostos ao vento e as táticas das equipas poderão fazer valer a diferença.

ANTEVISÃO - Volta a Itália 11ª etapa - Jonathan Milan e Tim Merlier enfrentam-se em mais uma chegada ao sprint
ANTEVISÃO - Volta a Itália 11ª etapa - Jonathan Milan e Tim Merlier enfrentam-se em mais uma chegada ao sprint

O Tempo

ANTEVISÃO - Volta a Itália 11ª etapa - Jonathan Milan e Tim Merlier enfrentam-se em mais uma chegada ao sprint
Mapa Giro d'Italia 2024 etapa 11

O Tempo

Algum vento de leste, e exposto à medida que os ciclistas terminam a etapa junto à costa. No início do dia, não deverá afetar muito a corrida, mas na costa será um vento de costas durante a maior parte do dia, favorecendo os ciclistas que possam estar em fuga. No entanto, os ciclistas farão uma curva acentuada para a direita no final e encontrarão um sprint com vento de frente.

Os Favoritos

Jonathan Milan - O líder da classificação por pontos não gastou muita energia nos sprints intermédios ao longo da corrida e sabe subir bem; não deverá estar muito cansado. A Lidl-Trek não perdeu homens. Ele poderá ser levado até ao sprint em boa posição, mas defendemos que o sprint com vento de frente não será o melhor para um ciclista tão alto.

Tim Merlier - O mesmo se pode dizer de Merlier, mas o belga é ótimo nas escolhas de posicionamento e poderá beneficiar de um sprint andando nas rodas - tal como outros. Ele ganhou o primeiro sprint de grupo feito em estradas planas e terá neste dia um final adequado às suas caracteristicas, se estiver totalmente recuperado da queda no contrarrelógio;

Temos dois fortes outsiders que são claros candidatos à vitória também, Kaden Groves e Phil Bauhaus. Nenhum dos dois tem um leadout que esteja a funcionar perfeitamente, mas nesta chegada isso não será tão importante como habitualmente - como Olav Kooij provou em Nápoles. Groves ainda sonha com a classificação por pontos e está a perseguir todos os pontos possíveis; pois o alemão tem estado forte e também consistente nos finais planos.

Temos o Fabio Jakobsen da DSM, que até agora tem tido uma corrida muito má, mas tem aqui a oportunidade de dar a volta à situação com uma etapa que é tão plana quanto ele poderia esperar. Se ele não conseguir, então Tobias Lund Andresen poderá aproveitar a oportunidade de liderar a equipa no sprint. Caleb Ewan também é perigoso num sprint com vento de frente, ele já mostrou que está com força e velocidade suficientes para lutar por uma vitória na etapa.

Poderemos ter nomes como Alberto Dainese, Juan Sebastián Molano e Fernando Gaviria a lutar pela vitória, eles têm a velocidade e as pernas, mas não tiveram sorte até agora. No sprint também esperamos Davide Ballerini, Danny van Poppel, Stanislaw Aniolkowski, Andrea Vendrame, Madis Mihkels, Giovanni Lonardi e Enrico Zanoncello.

Previsão Volta a Itália 11ª etapa:

*** Jonathan Milan, Tim Merlier

**Phil Bauhaus, Kaden Groves, Caleb Ewan

*Danny van Poppel, Davide Ballerini, Fabio Jakobsen, Tobias Lund Andresen, Alberto Dainese, Juan Sebastián Molano

Escolha: Jonathan Milan

Read more about:
Ciclismo

Place comments

666

0 Comments

More comments

You are currently seeing only the comments you are notified about, if you want to see all comments from this post, click the button below.

Show all comments

Most read