Caleb Ewan sobre a separação da Lotto Dstny: "A culpa foi mais ou menos minha, mais ou menos deles"

Há cinco anos, Caleb Ewan deixou a então equipa Mitchelton Scott para iniciar a sua aventura europeia com a Lotto Dstny. Esta colaboração pode ser considerada mais ou menos bem sucedida, com nove etapas do Grand Tour em nome do australiano. Em declarações ao WielerFlits, Caleb Ewan explica como é estar de volta a casa na agora denominada Team Jayco AlUla.

"Quando deixei a equipa, a atenção centrava-se cada vez mais nas classificações. Agora vejo a equipa mais como era quando a conheci. Mais concentração nos sprints e nas clássicas, o que cria oportunidades noutras corridas... Tenho a impressão de que os objectivos mudaram radicalmente."

No entanto, o australiano sentiu-se imediatamente em casa. "É claro que os ciclistas já não são todos iguais. Ainda reconheço algumas caras, claro, mas também há algumas novas. Metade do pessoal ainda lá está. Mas também vejo muitas caras que conheço, por isso é bom estar de volta à equipa."

"Se fizer uma retrospetiva geral da minha passagem pela Lotto, só posso dizer que passei um bom bocado. Ganhei cinco etapas do Tour e quatro do Giro. Na verdade, ganhei todas as minhas grandes vitórias nessa equipa. É claro que o final não foi tão positivo como nos três anos anteriores, mas talvez isso também faça parte da saída de uma equipa. Não me fica um travo amargo".

"Eu não estava a andar bem. Ou melhor, não tão bem como antes. Eles perderam alguma confiança em mim. A partir desse momento, tudo começou a descambar. É muito difícil ter um bom desempenho se a equipa não tem confiança em nós. A culpa foi mais ou menos minha, mais ou menos deles. E, de repente, tudo acabou".

Deixe um comentário

666

0 Comentários

Mais comentários

Você está vendo apenas os comentários sobre os quais foi notificado, se quiser ver todos os comentários deste post, clique no botão abaixo.

Mostrar todos os comentários