Nairo Quintana dá boas indicações na etapa 10 da Volta a Itália: "Não podíamos perder tempo com o Einer e estive sempre com ele até faltar um quilómetro para o final"

Nairo Quintana está a atuar como gregário de luxo de Einer Rubio na Volta a Itália O vencedor da Corsa Rosa em 2014 está consciente de que não chegou em forma e que o seu papel, pelo menos até se sentir melhor, deve ser o de estar ao lado do seu compatriota nas etapas de montanha. No entanto, durante a etapa 10, Quintana fez o que foi talvez o melhor desempenho da sua temporada e há sinais positivos de melhoria.

O colombiano tentou entrar na fuga na etapa 8, mas não se encontrou na movimentação. Na chegada ao alto da Bocca della Selva, Quintana estava no pelotão a apoiar Rubio que acabaria por ficar logo atrás de Tadej Pogacar no dia. Quintan manteve-se no rupo dos favoritos até aos últimos quilómetros.

"Foi uma prova muito importante, não podíamos perder tempo com o Einer e estive sempre com ele até faltar um quilómetro para o final. Houve uma grande fuga, houve chuva no final, mas foi muito divertido", disse o ciclista da Movistar Team no final do dia. Quintana foi 31º no dia (16º entre os que não participaram na fuga), terminando 30 segundos atrás do grupo Pogacar/Rubio. À medida que a corrida se aproxima lentamente das etapas de montanha mais duras, Quintana vai entrar no terreno que mais gosta.

No final, porém, tentará também apoiar o seu outro compatriota Fernando Gaviria em busca de sucesso na etapa de hoje ao sprint: "Acabámos por fazer uma etapa muito boa, hoje esperamos fazer um sprint com o Fernando, mais uma vez podemos tentar. Esperamos terminar esta segunda semana com uma excelente nota, muito obrigado".

Read more about:
Ciclismo

Place comments

666

0 Comments

More comments

You are currently seeing only the comments you are notified about, if you want to see all comments from this post, click the button below.

Show all comments

Most read