Stephen Williams, emocionado e exausto, está "na lua" com a vitória na Flèche Wallonne: "Não acredito que acabei de ganhar a Flèche"

Stephen Williams continua a impressionar em 2024. Depois da vitória na geral no Tour Down Under no início deste ano, o galês conseguiu uma vitória fabulosa na Flèche Wallonne, esta quarta-feira.

"Que dia. Estou muito feliz e nem acredito que acabei de ganhar a Flèche. Há anos que vejo esta corrida e sempre quis vir aqui com pernas decentes para tentar ganhar", refletiu a estrela da Israel - Premier Tech após a corrida, depois de ter lutado não só com os seus rivais ao longo do dia, mas também com as condições climatéricas que assolaram alguns dos favoritos antes da corrida.

Não que o tempo fosse algo que incomodasse Williams. "Adoro correr com este tipo de condições climatéricas e, para sair com a vitória, estou muito feliz", continua. "Os rapazes apoiaram-me durante todo o dia e deram-me a melhor hipótese de conseguir um resultado hoje. Conseguir a vitória aqui é especial, muito especial."

Com um grupo de cerca de 30 pessoas ainda juntas no início da subida final do Mur de Huy, Williams manteve-se paciente antes de se lançar a cerca de 300 metros do final. "Todos estavam à espera. Quando vi o sinal dos 300 metros, pensei que podia dar um salto e ganhar 5 ou 10 segundos ao grupo e, depois, ao ver a meta, tinha uma boa hipótese de me aguentar", explica Williams. "Estava a olhar um pouco em volta porque as pernas estavam vazias, mas sim, estou muito feliz por ter conseguido aguentar e ganhar."

"Estou exausto agora. Não tenho palavras e estou bastante emocionado. Ganhar corridas de bicicleta é difícil, especialmente nestas Clássicas", conclui o galês.

Place comments

666

0 Comments

More comments

You are currently seeing only the comments you are notified about, if you want to see all comments from this post, click the button below.

Show all comments

Most read