Jasper Philipsen quebra o enguiço Volta a França: "Estou feliz e aliviado por termos conseguido mostrar a nossa força"

Jasper Philipsen passou por tudo na primeira semana da Volta a França. Segundos lugares, desclassificações e em lágrimas dentro do autocarro e longe das camaras de televisão, foi esse o caminho que ele teve de percorrer até conseguir alcançar a sua primeira vitória desta edição do Tour. O ciclista da Alpecin-Deceuninck mostrou-se finalmente ao seu melhor nível hoje e conseguiu vencer confortavelmente em Saint-Amand-Montrond;

"A semana passada não foi uma boa semana para a nossa equipa, apesar de termos tido algum azar, claro. Estou contente e aliviado por termos conseguido mostrar a força do nosso comboio lá na frente", disse Philipsen numa entrevista após a corrida. "Fizemos a preparação perfeita para o sprint e conseguimos finalmente fazer o que queríamos. Embora tenha sido complicado com aquela curva no final." No entanto, foi ainda mais complicado para os ciclistas que estavam atrás dele, sem qualquer líder que os orientasse nos metros finais.

Entretanto, Philipsen fez com que Robbe Ghys e Mathieu van der Poel entrassem nos últimos metros da corrida na cabeça do pelotão e conseguiram manter a velocidade suficientemente alta para que ninguém tentasse surpreender o belga. Ao iniciar o sprint a partir da melhor posição, Philipsen não se deixou surpreender por Biniam Grimay e Pascal Ackermann para vencer por mais de uma bicicleta de comprimento.

Jasper Philipsen quebra o enguiço Volta a França: "Estou feliz e aliviado por termos conseguido mostrar a nossa força"
À 10ª etapa chegou a 1ª vitória de Philipsen no Tour

"Todos na equipa estão a crescer nesta Volta. Talvez eu não tenha começado a Volta na melhor forma, mas agora sentimo-nos em forma", afirma, com palavras semelhantes às de Mathieu van der Poel nos últimos dias. "Já estamos na 10ª etapa, tivemos cinco sprints sem conseguirmos uma vitória. Mas a equipa sempre acreditou em nós. É bom começar a segunda semana com uma vitória numa etapa."

Este foi o primeiro dia em que o comboio da Alpecin funcionou em pleno e os resultados estão à vista. Apesar de Girmay ter terminado em segundo lugar, o belga conseguiu reduzir ligeiramente a diferença para o líder da classificação por pontos, tendo agora 193 contra 267 de Girmay.

"Ainda faltam algumas etapas bonitas, onde quero jogar a minha força. A camisola verde? O Biniam Girmay está a fazer um Tour muito forte até agora. Ele está à frente por muitos pontos e eu estava concentrado nas vitórias em etapas. Agora estou ansioso pela próxima, queremos ganhar o maior número de etapas possível e depois veremos como iremos ficar" concluiu.

Place comments

666

0 Comments

More comments

You are currently seeing only the comments you are notified about, if you want to see all comments from this post, click the button below.

Show all comments

Most read