Relatório Médico - Volta a França 16ª Etapa - Mais dois ciclistas abandonam o Tour com Covid-19, Biniam Girmay suturado com pontos

Ao longo da Volta a França de 2024, serão muitos os ciclistas que abandonarão a corrida pelas mais variadas razões. Fazemos uma lista de todos os ciclistas que abandonam a Grande Volta, bem como uma lista de algumas das principais principais quedas e problemas de saúde que ocorrerão durante a corrida.

1ª Etapa

O primeiro dia de corrida foi agitado, tal como se esperava. Ainda antes do início da corrida, Jan Hirt, da Soudal - Quick-Step, teve um incidente estranho, tendo ficado preso na mochila de um espetador na zona de partida, o que o levou a cair e a partir três dentes.

Mark Cavendish vomitou durante a etapa, num início de corrida muito complicado para a equipa Astana Qazaqstan Team, que também viu Michele Gazzoli meter o pé no chão para abandonar a corrida, apenas alguns quilometros após ter começado. Wilco Kelderman, da Visma, viu-se envolvido numa queda e foi o primeiro homem da corrida a ir ao chão.

2ª Etapa

Um dia sem grandes apontamentos a registar, mas com grandes nomes a irem no chão. Pouco antes do sprint intermédio, houve uma queda no pelotão que envolveu Wout van Aert e Matteo Jorgenson, da Team Visma | Lease a Bike, que apenas sofreram ferimentos ligeiros. No entanto, Laurens de Plus, da INEOS Grenadiers, sofreu bastantes escoriações na queda, ficando mal tratado. Johannes Kulset, da Uno-X Mobility, também esteve envolvido numa queda.

3ª Etapa

Segundo abandono no Tour com Casper Pedersen, gregário de Remco Evenepoel, a sofrer uma fratura na clavícula. após uma queda. O dinamarquês ainda terminou o dia, mas não vai iniciar a etapa 4. O dia foi quase sempre calmo, mas teve um final caótico com quedas nos últimos quilómetros. Mathieu van der Poel, por exemplo, esteve envolvido num incidente individual, tal como Bruno Armirail; mas depois houve uma queda em massa nos últimos 2 quilómetros, que provavelmente envolveu os seguintes elementos: Jasper Philipsen, Michael Morkov, Soren Kragh Andersen, Ion Izagirre, Magnus Cort Nielsen, Christophe Laporte, Robbe Ghys, Guillaume Boivin, Jake Stewart, Alexis Renard e Soren Waerenskjold.

4ª Etapa

Nada a registar.

5ª Etapa

Uma queda aos 60 quilómetros mandou ao chão Pello Bilbao, Matej Mohoric, Nelson Oliveira, Gregor Mülhberger, Jonas Rickaert e Sebastien Grignard.. Alexander Kristoff caiu na última descida do dia, enquanto Christophe Laporte também foi ao chão numa ilha de tráfego.

Fred Wright também se envolveu numa queda durante a etapa, enquanto Mads Pedersen bateu contra as barreiras no sprint final.

Relatório Médico - Volta a França 16ª Etapa - Mais dois ciclistas abandonam o Tour com Covid-19, Biniam Girmay suturado com pontos
Nelson Oliveira esteve envolvido numa queda na 5ª etapa do Tour

6ª Etapa

Uma queda colectiva ao quilómetro 114 fez com que Fred Wright, Jonas Abrahamsen, Johannes Kulset, Silvan Dillier e Chris Harper fossem ao chão. Este último sofreu ferimentos ligeiros mas está em condições de continuar na corrida. Marijn van den Berg também esteve envolvido num acidente na fase final da etapa.

7ª Etapa

Nada a assinalar

8ª Etapa

A etapa começou sem um ciclista que tinha terminado no dia anterior: Mads Pedersen. O dinamarquês estava a sofrer de lesões sofridas na etapa 5 e acabou por abandonar a corrida. Durante a etapa assistimos a quedas e pequenas lesões de Warren Barguil e Sandy Dujardin. Oscar Onley e Soren Kragh Andersen também caíram no dia de hoje.

9ª Etapa

Chris Harper e Felix Gall caíram no início do dia. Aleksandr Vlasov foi a principal vítima do dia, pois caiu e parecia ter sofrido uma concussão. O ciclista russo continuou a corrida e terminou no pelotão.

10ª Etapa 

O dia começou com um homem a menos no pelotão. As lesões sofridas no etapa da gravilha levaram Aleksandr Vlasov a abandonar a corrida, porque o trepador russo sofreu uma fratura no tornozelo após a queda e felizmente não se confirmaram as suspeitas de uma possível concussão - um grande revés para a Red Bull - BORA - hansgrohe.

11ª Etapa

O dia começou sem Tim Declerq, da Lidl-Trek, que adoeceu e não esteve presente no início da etapa. Durante a etapa, alguns ciclistas abandonaram. Doentes, Ion Izagirre e Alexis Renard abandonaram a corrida, num duplo desfalque para a Cofidis. Fred Wright foi obrigado a abandonar a corrida depois de ter chegado fora do tempo limite.

Durante a etapa vimos Wout van Aert cair na aproximação às principais subidas do dia e sabemos que tem uma lesão na anca. Primoz Roglic caiu já nos quilometros finais, mas apresenta apenas com ferimentos superficiais. Kobe Goossens também foi vítima de uma queda no início do dia do qual resultaram várias escoriações.

12ª Etapa

Um dia repleto de desistências e quedas. Caótico para muita gente. Fabio Jakobsen e Pello Bilbao abandonaram a corrida nos quilómetros iniciais da etapa depois de darem sinais de fraqueza física, tratando-se provavelmente de doença. Ambos os ciclistas ficaram para trás numa zona relativamente plana. Antes da etapa começar, também Michael Morkov abandonou a corrida tendo confirmado um teste positivo ao Covid-19.

Durante a etapa mais alguns ciclistas sentiram dificuldades, a maioria devido a quedas. Yevgeniy Fedorov e a dupla da Alpecin-Deceuninck Jonas Rickaert e Soren Kragh Andersen chegaram fora do tempo limite e vêm assim terminado o seu contributo na corrida. Ambos estiveram envolvidos em duas quedas durante a etapa.

A primeira das quedas envolveu Tadej Pogacar, bem como muitos outros ciclistas. Rickaert foi acompanhado por um aparentemente doente Fedorov, enquanto que Kragh Andersen viu-se envolvido numa queda a pouco mais de 10 quilómetros do fim. Também Silvain Dillier, Nils Eekhoff, Neilson Powless, Sean Quinn e Brent van Moer estiveram envolvidos em quedas e estão com ligeiras lesões.

Na última queda do dia, Alexey Lutsenko foi o primeiro ciclista a cair depois de ir contra uma ilha de trânsito e sofreu lesões no cotovelo e ombro, Jarrad Drizners sofreu um traumatismo nas costas e Primoz Roglic sofreu também uma lesão no ombro. O ciclista da Arkéa Raul Garcia Pierna também saiu maltratado da queda, enquanto Brent van Moer e Harold Tejada também cairam neste incidente.

13ª Etapa 

A Volta a França perdeu uma das suas estrelas. À partida da 13ª etapa, a Red Bull - BORA - hansgrohe não alinhava com Primoz Roglic, devido ás consequências da queda de ontem. Jesús Herrada, da Cofidis, também não esteve presente à partida devido a doença.

Durante a etapa houve um ciclista a abandonar a prova, Juan Ayuso, por ter testado positivo à Covid-19. Embora infectado ainda começou a corrida, mas meteu o pé no chão ás primeiras dificuldades do dia. Ilan van Wilder caiu durante a etapa e no quilómetro final houve uma queda massiva onde Amaury Capiot da Arkéa sofreu múltiplas lesões. Axel Zingle, Cees Bol, Kévin Vauquelin e Matteo Vercher também estiveram envolvidos na queda.

14ª Etapa

Tom Pidcock e Guillaume Boivin não começaram a etapa. O britânico apresentou sintomas de covid 19 e foi retirado da corrida por precaução, enquanto Geraint Thomas testou positivo, mas não abandonou a corrida. Harold Tejada caiu durante o dia, enquanto três ciclistas abandonaram durante a etapa: Alberto Bettiol, Louis Vervaeke e, após a brutal queda de ontem, Amaury Capiot.

15ª Etapa

Gerben Thijssen abandonou a etapa devido ao percurso ser muito difícil, enquanto Bram Welten, da DSM, chegou à meta fora do tempo limite.

16ª Etapa

Maxim van Gils e Chris Harper não começaram a etapa por terem testado positivo para a Covid-19. Circulam noticias que Egan Bernal também testou positivo, mas não abandonou a corrida. Luke Durbridge caiu no início do dia, enquanto perto do sprint final Biniam Girmay e Marijn van den Berg caíram. O camisola verde foi suturado com pontos no final da etapa aos ferimentos sofridos.

Place comments

666

0 Comments

More comments

You are currently seeing only the comments you are notified about, if you want to see all comments from this post, click the button below.

Show all comments

Most read